19.4.13

Acorda meu povo! Jovem ingere por ano 26 kg de açúcar em bebidas



As crianças e os adolescentes brasileiros estão trocando o consumo de água e leite por bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos industrializados ou em pó - o que têm aumentado consideravelmente os casos de obesidade infantil, além dos riscos para o desenvolvimento de doenças antes observadas em adultos, como diabete tipo 2 e hipertensão. A constatação - que reforça a necessidade de mudanças de hábitos alimentares - está no primeiro estudo epidemiológico brasileiro que avaliou o consumo de bebidas entre crianças e adolescentes de 3 a 17 anos em cinco capitais: São Paulo, Rio, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife. A pesquisa, desenvolvida por pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da USP, da Faculdade de Medicina do ABC e do Instituto da Criança do HC, foi publicada no BMC Public Health.

O Ministério da Saúde considera a obesidade infantil uma epidemia. Os dados mais recentes (referentes a 2009) indicam que uma em cada três crianças brasileiras entre 5 e 9 anos está acima do peso ou obesa.

Os resultados da pesquisa são alarmantes. Mostram que, além de o leite e a água praticamente desaparecerem da dieta dos jovens, na média geral, as crianças e os adolescentes consomem cerca de 21 quilos de açúcar por ano só considerando as bebidas. A pesquisa indica, por exemplo, que um adolescente de 11 a 17 anos ingere cerca de 26 quilos de açúcar por ano com as bebidas - quase 45% a mais do que ele poderia consumir no período (18 quilos), considerando o açúcar presente em todo tipo de alimento, não apenas nas bebidas.

"Estamos vivendo um fenômeno universal de aumento dos casos de sobrepeso e obesidade infantil. No Brasil, isso vem se acentuando nos últimos 20 anos, especialmente em decorrência da maior oferta de alimentos e das melhores condições econômicas das famílias", diz Cláudio Leone, professor da Faculdade de Saúde Pública da USP e um dos autores do estudo.

Segundo o professor, muitas famílias substituem o refrigerante por sucos industrializados por considerarem mais saudável, sem ter ideia de que esse tipo de produto muitas vezes tem tanto açúcar ou mais do que uma latinha de refrigerante. "As mães acham que o fato de ter uma fruta estampada na embalagem significa que é saudável", diz. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

17.4.13

Voltei pro colágeno



Oieeee,

Postei esta foto no face e logo vi que meu braço já estava ficando flácido. Meu DEUS!!!! Corri e comprei o colágeno,o qual, já tinha deixado de usar há 4 meses.  Posso ter orgulho de ter eliminado 28kg e não ter ficado flácida. Mas lógico que isso só foi possível devido aos treinos e ao colágeno. Bom, ele voltou pra minha vida e tão cedo não sai.


Colágeno – Promel Colágeno 350mg Colágeno- também conhecido como gelatina – é um produto a base de gelatina (colágeno hidrolisado), indispensável na síntese de colágeno, sendo essencial para a regeneração celular e manutenção da saúde da pele, representa cerca de 30% de toda proteína do organismo humano. Colágeno. O colágeno é a proteína mais abundante no organismo, constituindo cerca de 30% das proteínas do nosso corpo e 6% do nosso peso total.

15.4.13

"Emagreci 26 kg com os temperos termogênicos!



"Engorda, emagrece, engorda, emagrece, engorda, emagrece... Efeito sanfona é pouco para descrever minha luta contra a balança. Meu peso oscilava como uma verdadeira montanha-russa! Eram tantos altos e baixos que eu não sabia como me definir: obesa, cheinha, magra, gordinha... Passei toda a minha adolescência nesse vaivém. Fui uma criança magrela até os 12 anos. Aos 15, já pesava 73 kg. Um ano depois, decidi controlar minha alimentação e consegui chegar aos 65 kg. Aos 17 anos, terminei um namoro, fiquei deprimida e comecei a comer ainda mais. Resultado: cheguei aos 80 kg, meu recorde! Para provar ao meu ex que estava bem, no ano seguinte fiz uma dieta radical e perdi 15 kg! Foi a glória! Só que alguns meses depois engordei tudo de novo...

A barriga pulava para fora da calça

Os dois vilões do meu descontrole eram a indisciplina e a compulsão por doces. Além de não conseguir seguir as dietas por muito tempo, eu só comia besteira e era viciada em chocolate. Sabe aquelas barras de 1 kg usadas para fazer doces? Eu comia uma inteirinha por dia! E ainda abria uma lata de leite condensado para acompanhar. Sem falar dos biscoitos recheados, cookies, sorvetes...

Claro que isso não podia acabar bem, né? Aos 19 anos, estava com 78 kg e usava manequim 46. Aí, era aquele sufoco para encontrar roupas que me servissem. Não conseguia fechar uma calça sem que a barriga ficasse pulando para fora. Isso me deixava louca! Morria de vontade de usar biquíni, mas quem disse que eu tinha coragem?

Aliás, coragem era o que também me faltava para levar uma reeducação alimentar a sério e emagrecer para valer. Isso só mudou no ano passado, quando minha mãe descobriu que estava com diabetes. Fiquei muito preocupada. Afinal, havia um histórico da doença na minha família. Minha avó, meu avô e meu tio também eram diabéticos.

Transformava iogurte zero em sorvete

Pesquisei muito sobre o diabetes. Para controlar a quantidade de açúcar no meu sangue, eu tinha que mudar minha alimentação e largar o sedentarismo. Em novembro de 2011, me matriculei na academia e montei um cardápio balanceado com a ajuda da minha mãe, que é médica.

Para começar, eliminei as frituras e reforcei o consumo de vegetais, legumes, queijos magros e ovo. Como sou vegetariana, sempre precisei ter um cuidado especial com a alimentação. Consumo complexo vitamínico e proteína em pó para equilibrar meu organismo e evitar a anemia.

A parte mais difícil da minha dieta foi cortar os doces. Quando sentia vontade, congelava um pote de iogurte zero e tomava como se fosse sorvete. Às vezes também chupava um picolé de limão, que tem poucas calorias.

Nessa época, descobri que alguns temperos aceleram o metabolismo e ajudam a queimar calorias. Resolvi apostar na canela, na pimenta-do-reino, no gengibre e na semente de mostarda. Colocava na comida, na salada, nos sucos... Deu certo! Em março deste ano, após quatro meses de dieta, já havia perdido 26 kg e chegado ao meu peso ideal: 52 kg.

Nossa, fiquei com um corpo de manequim! Depois de emagrecer, passei a me achar mais alta e elegante. Agora qualquer roupa fica bem em mim, inclusive biquíni! Hoje me sinto mais forte e confiante para manter meu corpo como está: fininho e definido. Chega de montanha-russa! Meu negócio agora é passarela!"


Condimentos aumentam o gasto de energia na digestão


A pimenta, a canela, o gengibre e a semente de mostarda são considerados alimentos termogênicos porque obrigam o organismo a gastar mais energia durante a digestão. Por isso, favorecem a queima de gordura. "Eles são fortes aliados para potencializar a dieta, mas devem estar presentes diariamente na alimentação para que tenham efeito significativo no emagrecimento", explica a nutricionista Vivian Goldberger, do Emagrecentro. Confira os benefícios dos temperos consumidos pela Paula para a perda de peso:

Pimenta
Pode acelerar em até 20% o gasto energético do corpo. Mas o consumo deve ser de até 3 g por dia para não prejudicar o estômago. "É contraindicada para quem sofre de hemorroidas, gastrite, úlcera ou problemas gástricos", alerta Vivian. Segundo a especialista, qualquer pimenta tem efeito termogênico: "Mas o ideal é consumi-la na versão natural, e não industrializada".

Canela
Acelera o metabolismo e a queima de gorduras. Não tem contraindicações e pode ser usada em pó ou em pau. Dá para consumir com frutas como banana e maçã ou com leite quente ou chá, à vontade.

Gengibre
É tão eficiente como a pimenta para aumentar o gasto energético e ainda melhora a digestão. Ralado ou fatiado, pode ser adicionado a sopas, saladas, sucos ou até ingerido puro. Pode ser consumido à vontade.

Semente de mostarda
Também deve ser usada em sua forma natural. "Para preservar o estômago, a quantidade diária não pode passar de duas bolinhas", ressalta a nutricionista. É outra ótima opção para temperar carnes, sopas, risotos e saladas.

Outras opções que aceleram o metabolismo

Veja as dicas da nutricionista Vivian Goldberger:

· Beber de uma a três xícaras de chá verde por dia

· Tomar um copo (250 ml) de água gelada antes das refeições

· Usar vinagre de maçã para temperar a salada

· Colocar uma colher (chá) de guaraná em pó nos sucos ou sobre as frutas

O consumo dos termogênicos deve ser feito preferencialmente durante o dia, quando o corpo está mais ativo. Alguns possuem grandes doses de cafeína e por isso podem atrapalhar o sono se consumidos à noite.

Revista Sou Mais EU

12.4.13

Alguns hábitos saudáveis que adotei de vez

Hábitos saudáveis me ajudaram a eliminar 27kg

Com o passar do tempo a gente vai analisando alguns  hábitos que a adotei e sei que ficarão para sempre  na minha rotina de vida.

Frutas:  minha casa não vive sem. Consumo de 5 a 6 por dia. Compro nas quitandas perto da minha casa 2x por semana;

Grãos: confesso que no início foi difícil e hoje não sai da minha bolsa. Tem chia, quinoa, linhaça, aveia e semente de girassol;

Academia: só fui uma vez e só conseguir ficar 22 dias. Depois de alguns anos retornei e estou há 1 ano e 4 meses dentro dela.. Malhando 6x por semana.

Água: nunca fui muito de ingerir muita água. Tinha dias que até esquecia de tomar. Hoje tomo de 4 a 5 litros por dia.

Pão integral: meu pai! Foi difícil. Mas hoje eu não tenho coragem de comer pão branco. Sempre tenho em casa pão integral. Passo requeijão light e jogo uva passa.. #DEVORO

Refrigerante: exclui da minha vida. Só de pensar que passei anos tomando quase 2litros por dia. Meu pai!

Salada: gente! Não fui criada comendo salada por isso sinto ainda muita dificuldade em me acostumar com ela. Mas consumo um pires todos os dias.

Geladeira saudável: antes da dieta minha geladeira só tinha chocolate, bolo, pudim, refrigerante e pizza brotinho. Meu pai! Eu não compro nada para minha geladeira que engorde. Nela só tem água, suco de soja, frutas. Não tenho mais coragem de comprar guloseimas para levar pra casa. Eu posso até enfiar o pé na jaca, na rua mas na minha casa? Não.

10.4.13

8 alimentos que tiram a fome



 A nutricionista Luciana Harfenist, do Rio de Janeiro, explica por que cada um deles tem esse efeito.

1. Abóbora
É riquíssima em fibras e tem só 70 calorias em 100 gramas. Faz o organismo trabalhar mais na digestão e por isso aumenta a queima de calorias. Também melhora o trânsito intestinal.

2. Água
Ela tapeia a fome e a vontade de comer guloseimas. Se você ingerir alimentos ricos em fibras durante as refeições, a água vai ajudar a criar um gel no estômago, que ocupa mais espaço. O seu intestino agradece.

3. Aveia
As fibras solúveis e insolúveis da aveia absorvem a água e criam um bolo no estômago, que dá a sensação de saciedade.

4. Banana
Existe o mito de que a banana não combina com dietas leves. Não é verdade. Cada banana-prata, por exemplo, tem só 39 calorias! A fruta também contém triptofano - um aminoácido que diminui a compulsão por comida e a vontade de comer docinhos fora de hora.

5. Cenoura
Como possui muita fibra, requer bastante mastigação. Enquanto isso, o cérebro recebe a informação de que o estômago já está satisfeito. A cenoura tem só 54 calorias em 100 gramas e deve ser ingerida crua, pois perde parte das fibras depois de cozida.

6. Iogurte
Sacia rápido. Se quiser que a fome demore para voltar, combine o alimento com aveia, farinha de linhaça, farelo de quinua ou flocos de amaranto.

7. Pão integral
Satisfaz mais do que o pão branco. Assim como outras massas integrais, desacelera a absorção de carboidratos e evita picos de glicose, ou seja, impede que a fome volte rápido.

8. Queijo de minas
Assim como os queijos cottage e ricota, o minas tem proteína e faz a digestão ser mais lenta. Mas não devore o queijo todo, porque ele também contém gordura.

M de mulher

8.4.13

Ganhei ovo 70% cacau..


Minha gente! Este ano minha páscoa foi fraquinha de ovos. Desabafei no face e só ganhei dois kkkkkk. Será que foi o efeito da dieta? Ainnnnnn.. Ano passado ganhei vários. Mas veja, nós que lutamos contra a balança podemos comer ovos com intensidade de cacau. Minha amiga Ana Paula comprou o da Cacau Show e estou devorando aos poucos. . Enfim... Minha páscoa teve ovo.  Ufa!!!! E obrigada..

5.4.13

Desabafo dos desabafos



Eu queria saber, quando é que as pessoas vão entender de uma vez por toda que eu não suporto quem fica controlando o que devo comer? Gente! Q saco! Só eu sei o que tenho passado nos últimos 16 meses e sei mais ainda, qual o meu limite. Você pode me ver comendo um boi ( acho difícil) deixe, pelo amor de Deus! Deixe! Não fique com piadinha ou até mesmo brincadeiras tipo " Gleice, você não pode comer isso", " Light, isso não te pertence mais". É um saco! Está aí um lado negativo de ter criado um blog para contar esta luta. Eu não suporto! Tem uma meia duzia de gente com raiva de mim por causa desses episódios. Pq cansa e qdo eu canso eu estouro de uma vez. Isso vale pra família, amigos, inxeridos dentre outros. Eu eliminei 28kg e sei o qto me custa sair com amigos e pedir uma bola de sorvete. Estou na pior fase da dieta pois o organismo passa 24h pedindo doce e carboidrato. Estou dentro de uma academia diariamente malhando 2h por dia para controlar toda esta ansiedade. Então não me venha me privar de nada. Se acha que está me ajudando engano, só me deixa puta de raiva. Para concluir, só eu sei a DOR e a DELÍCIA de estar lutando para emagrecer. #desabafo

4.4.13

Vídeo: Gleice no Jump

Olá amigos,

Meu amigo Saulo Andrade foi rapidinho na minha academia pra gente conversar um pouco e ele foi logo gravando eu no Jump. kkkkkkkkk. Gostaria de publicar um. Não editei porque não sei. Mas tá velendo, né?

video video

3.4.13

Março foi um mês difícil


Eu no grande Dia da minha amiga Martha.

O mês de março foi complicado para mim. Mais complicado que dezembro que é um mês recheado de festa. Em março tive dois casamentos, dois aniversários e três festinhas de criança. Meu pai! Não tive como recusar um convite e detalhe, todos eles eu enfiei o pé na jaca. Devido a isso tudo peguei mais pesado no treino e tomei muito suco de limão sem açúcar, pra castigar mesmo.Espero que outros meses sejam mais light. Espero, quero e preciso disso. Ahh! Lembrando que agora dia 04 completo 1 ano e 4 meses de luta contra a balança.

1.4.13

Chá de maçã ajuda a digerir os alimentos gordurosos



A maçã, principalmente em forma de chá, facilita o emagrecimento. "O chá ajuda a digerir os alimentos gordurosos. As fibras da maçã absorvem água, o que melhora o funcionamento do intestino.E o alto teor de potássio contido na polpa da fruta auxilia na eliminação do sódio, responsável pelo inchaço",ensina a nutricionista Marcella Souza, que recomenda consumir de uma a três xícaras do chá por dia.