4.12.12

Há um ano nascia o Gleice Light e com ele a esperança de eliminar 35 kg


- Gleice, você vai começar uma dieta em pleno mês festivo? Tá louca?

Há um ano nascia o Gleice Light e com ele a esperança de eliminar 35 kg. Como papai do céu pensa em tudo, né? Mês passado postei aqui um drama vivido ao tentar a redução de estômago foi quando desisti e pedi a Deus uma saída. Foi assim que surgiu o blog.  A gente só precisa entrar com a determinação e Ele se encarrega de encaixar tudo.  Eu agradeço a Deus por esse presente, se não fosse o GL  já teria desistido da luta contra a balança. Hoje, 04.12.12, não tenho nada a pedir apenas agradecer. 


Duas décadas e só ouvia...

- Gleice, entre numa academia!
- Não tenho forças. Sempre estou cansada.
- Gleice, pare de comer fritura e de tomar refrigerante.
- Mulher, eu amo refrigerante. Não me vejo sem ele.

Quem diria que depois de um ano Gleice estaria indo à academia 5x por semana e malhando 2h por dia. Quem diria que Gleice estaria há um ano sem refrigerante. Quem diria que Gleice trocaria duas coxinhas + uma lata de refri na hora do café da manhã por torradas, geléia, frutas, grãos e suco de soja. Quem diria que Gleice estaria lutando e resistindo a comer 1 kg de doce por dia. Quem diria que  Gleice viveria uma luta diária, angustiante e ao mesmo tempo gratificante que hoje, após 12 meses, jogou 25 kg de gordura no lixo.

Pois é... Tem horas que me pergunto isso tudo e passa um filme. Tem dias que estou malhando, me olho no espelho e agradeço a Deus por hoje está usando 42/44 e almejando o 40 (falta pouco). Só relembrando, antes da luta eu usava 48/50.

Repito! A luta continua.  Uma luta difícil. Uma luta que me fez controlar a ansiedade por doce. Uma luta que me fez abdicar do acarajé (ouww saudade). Uma luta que me fez excluir de vez o refrigerante da minha vida. Uma luta que me fez morar dentro de uma academia praticamente. Uma luta que me fez conhecer o pilates, a hidro, o jump, o muay thai e a musculação. Uma luta que me fez olhar no espelho e saber que ainda existia vida após a obesidade.

Um ano de luta e quero aqui agradecer a você que tem nos acompanhado, torcendo, enviando sugestões e até mesmo críticas. A você que divulga. A você que espalha no boca a boca. A mídia.  A você que envia e-mail e principalmente a você que através do blog entrou numa dieta, academia, e já eliminou alguns quilinhos. A você que me mostra que além de mim tem muita gente aí determinada a vencer as barreiras da obesidade. Muitoooooo obrigada!

Como eu disse, hoje só tenho a agradecer então, eu agradeço aos 15 kg que ainda restam para serem eliminados. A ele todo nosso esforço e dedicação, né gente?
Obrigada meu Deus! Obrigada por nunca desistir de mim.

Fotos: Felipe Coringa 
Cabelo: Fernando Fashion Hair
Arte: Fernando Augusto 


4 comentários:

  1. Garota, informo que tem um fator primordial que vc encontrou e que eu encontrei para conseguir quebrar essas barreiras: a força de vontade! Nós conseguimos driblar milhares de circunstâncias externas e no entanto em alguns momentos nós nos "sabotamos", ou seja, não conseguimos nos controlar! Para isso tive uma mudança de hábito radical e hoje já é como escovar os dentes ou tomar banho, imprescindível! Em suma, com 5 meses de dieta e execício (é a receita do sucesso),reduzi 14kg e pretendo ainda eliminar mais 11kg e manter esse ritmo para uma melhor qualidade de vida e alegria de viver!!! Ei, mas podem me chamar para as festinhas, estou de dieta, mas bem viva!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q notícia boa, Lais.. É isso mesmo. COncordo com tudo que disse e como descreveu. Sei q vai conseguir. Bjs

      Excluir
  2. Parabens...estamos juntos nessa luta diaria. Fiz reducao de estomago... Perdi 100 kgs...recuperei 40. Agora edtou de dieta pra jogar no lixo os 40.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com fé em Deus e dedicação vc consegue.. Força!

      Excluir

Mande vibrações positivas.